-A A +A
CCAE e CCENS

Pesquisa - Viabilidade econômica da produção familiar de alimentos para os mercados institucionais de Alegre-ES

O artigo apresenta e discute os resultados da análise de viabilidade econômica da produção familiar de alimentos, inserida na feira livre e nos mercados institucionais (Programa de Aquisição de Alimentos - PAA e Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar - PNAE) de Alegre-ES. Foram incluídos na pesquisa quinze alimentos: abóbora, agrião, alface, almeirão, banana prata, cebolinha, chuchu, couve, inhame, jiló, mandioca, palmito, quiabo, taioba e tomate.

O custo operacional de produção e comercialização, a renda líquida operacional e o índice benefício/custo operacional foram os indicadores econômicos considerados.

Verificou-se que alface, banana prata, cebolinha, couve e tomate foram os alimentos que apresentaram renda líquida operacional total positiva nos três mercados enfocados, sendo que os maiores índices benefício/custo foram alcançados pela cebolinha, no PNAE, e pela couve, no PAA. No extremo oposto ficaram a abóbora e o almeirão.

A inserção dos agricultores familiares no PNAE foi, na maioria das vezes, a mais vantajosa, ao contrário do PAA, visto que oito dos quinze alimentos enfocados tiveram situação de inviabilidade econômica no mesmo.

- Autores: Caio César Soares Biancardi, Rafael Rodrigues, Haloysio Mechelli de Siqueira, Joana Junqueira Carneiro e Maria Aparecida Fernandes

Tags: 
Transparência Pública
Acesso à informação
Facebook

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000