-A A +A
CCAE e CCENS

Histórico

A Biblioteca Agropecuária foi fundada por ocasião da criação da Escola Superior de Agronomia do Espírito Santo (Esaes), por meio da Lei nº 2.434, de 06 de agosto de 1969, sancionada pelo governador Christiano Dias Lopes Filho. Porém, somente em 10 de abril de 1970 a referida Lei foi regulamentada pelo Sr. Governador por meio do Decreto nº 49-N.

Posto que tenha sido criada em 1969, iniciou suas atividades em 24 de fevereiro de 1971, utilizando as dependências do Colégio Estadual e Escola Normal “Aristeu Aguiar”, cujos entendimentos, entre Autoridades e Órgãos de Ensino da cidade, quanto ao acervo bibliográfico, fora colocado à disposição da Esaes, as seguintes bibliotecas escolares:

• Colégio Estadual e Escola Normal “Aristeu Aguiar;

• Escola Agrotécnica Federal de Alegre;

• Instituto Sagrada Família.

Após, a aquisição do terreno localizado no alto de uma colina, com vista panorâmica para a cidade e de fácil acesso para a edificação do prédio da sede da Esaes, onde existia um edifício em construção paralisada e perfeitamente adaptável ao uso da futura Escola. Da reforma do prédio constou: salas de aula, sala de professores, secretaria, almoxarifado, biblioteca, enfermaria, refeitório, apartamentos, arquivo, sanitários, laboratórios, etc.

Em 09 de outubro de 1972, a Biblioteca da Esaes foi registrada no Instituto Nacional do Livro, sob nº RM 13.553, nos termos do Decreto nº 48.902 de 27 de agosto de 1960.

No entanto, dificuldades financeiras do governo estadual, para manutenção e expansão da Esaes, tornaram sua federalização uma alternativa viável para a solução do problema.

Assim, dos entendimentos mantidos entre o governo do Estado e o Ministério da Educação e Cultura, resultou o Decreto Estadual 752-N, de 04 de dezembro de 1975, que doou à Ufes bens e direitos que compunham a antiga Esaes.

Com isso, a partir do ano de 1976, essa Escola passou a denominar-se Centro Agropecuário, da Universidade Federal do Espírito Santo (Caufes), recebendo uma nova estrutura jurídico-institucional, com um único curso de Agronomia, com sua Unidade de Informação denominada Biblioteca Setorial Agropecuária.

No ano de 1999, implantaram-se três novos cursos: Engenharia Florestal, Medicina Veterinária e Zootecnia. Em 08 de dezembro de 2000, recebe o nome de Centro de Ciências Agrárias da Ufes (CCA-Ufes), com sua Unidade de Informação agora denominada Biblioteca Setorial de Ciências Agrárias.

Em 2003 o acervo geral de livros foi totalmente inventariado e codificado conforme o SIB (Sistema Integrado de Bibliotecas) da UFES, em 2005 foi implantado definitivamente a informatização do acervo geral de livros e a Biblioteca Setorial sendo avaliada pelo MEC obtendo nota máxima.

Em 2006 com a expansão do Centro e a criação dos cursos: Ciências Biológicas, Engenharia de Alimentos, Engenharia Industrial Madeireira, Geologia e Nutrição, a Biblioteca Setorial de Ciências Agrárias precisava ampliar o espaço físico e suas instalações, para tal empreendimento foi construído um prédio com área e arquitetura específicas para abrigar a nova Biblioteca. Em 2009 as instalações da biblioteca passou de um espaço de 282m2 para um novo espaço com área de 1.388 m2 divididos em 2 andares e recebeu o nome de “BIBLIOTECA CHRISTIANO DIAS LOPES FILHO” em homenagem e reconhecimento ao trabalho do respeitado fundador da ESAES Ex-governador do Estado do Espírito Santo.

Atualmente o Centro oferece 17 cursos de Graduação, 4 Mestrados e 1 de doutorado e a biblioteca além de oferecer apoio pedagógico aos cursos ministrados pela Universidade também oferece serviços técnicos especializados em biblioteconomia, além de atender as necessidades de informação da comunidade do município, pesquisadores e visitantes.

Transparência Pública
Acesso à informação
Facebook

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000